sexta-feira, 27 de maio de 2011

Fios/Penas


Me sinto feliz com as asas. Sem me preocupar pulo de um prédio, faço piruetas e voôs razantes, sinto todo o vento passar pelas penas e pelos cabelos.Mas preciso me fortalecer, meus músculos ainda estão frágeis e às vezes sinto medo de voar sozinha, mas voô. São bem flexíveis e de um azulcéu formidável, está tudo certo com elas e me sinto segura em usa-lás. Mas percebi uma coisa que me deixou intrigada, elas vieram um número menor,será que posso trocar?


ATT

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Vem


O meu amor foi embora
Esses olhos que me déspem
Ele se contorce inteiro quando apareço
E me faz rir instântaneamente.Como Chanel com ares de superioridade.
Suas mãos quando se juntam, fazem estragos pelo (meu) corpo. Saborosas, pesadas.
Então padeço com a contra palma sobre a testa, como no cinema.
Ele agora tão viríl, me protege dos meus próprios ataques.

O meu amor foi embora
Eu sou única...dele
Idem
Todos coxicham quando ele volta
E me fazem rir espontâneamente
Seu corpo vem cada vez mais forte
Tudo é luz. Todo em curvas.
Eu danço seguindo seus passos

Vê se me traz você de volta
Que meu bolsinho (vermelho) está vazil
O meu amor foi embora